samoieda brasil

Samoieda – Tudo sobre a raça

A raça samoieda no Brasil é conhecida e relativamente nova, mas as sociedades nômades empregaram esta raça faz mais de cinco mil anos, na Sibéria, embora haja outras interpretações a respeito da origem da espécie Samoiedo. Este cão apenas podia ser encontrado entre essas tribos, daí onde seu título foi desenvolvido. Esses povos usavam estes cachorros para tracionar trenós, capturar e para o pastoreio.
Os primeiros cachorros da raça Samoiedo apareceram na Inglaterra entre os anos de 1870 e 1909, entretanto nem todos cachorros eram de raça pura. Afirmam que a Soberana Alexandra amou em tal grau da raça que fez bastante para tentar alavancar a espécie na sua pátria. Pode-se avistar traços desses cães em certos espécimes modernos.
Os Samoiedos chegaram na América no ano de 1906, um exemplar foi dado como mimo do Grão-Duque russo Nicolau. Desde a Segunda Guerra Mundial a popularidade desse cachorro vem crescendo mais e mais em função do seu comportamento dócil, sua bela aparência e suas realizações como um cão de puxar trenós.

Características Físicas do Samoiedo

samoieda brasil

Seu nariz tem um tamanho médio e uma tonalidade mais escurecida, suas orelhas são de um porte mediano, muito distanciadas uma da outra, sua cabeça conta com um aspecto de cunha e os olhos bastante profundos; sua pelagem é bem densa, suas patas são esféricas e ele dispõe de um porte físico bem robusto e atlético.
A cauda é extremamente bonita, tendo uma pelagem espessa e um formato anovelado sobre o dorso e inclinando para qualquer dos lados. A expressão facial é um dos pontos fortes deste cão – ele parece estar a todo momento alegre!
A pelagem é bastante espessa e desenvolvida, sendo extensa, aveludada e alisada. A coloração mais comum é o branco simples, embora podem ser observados nas variedades de branco palha, amarelado, branco e amarelado, branco e preto e branco e marrom.

Temperamento do Samoiedo

Esta raça é bem extrovertida, fazendo o que consegue para deixar as pessoas de fora e seus familiares sempre contentes! Ele possui o hábito de seguir o proprietário para todos os lugares, e irá almejar também dormir próximo. As pessoas mais antigas admiram essa espécie, porque ela possui uma facilidade em satisfazê-los e deixá-los mais contentes e, principalmente, sendo uma amizade até o fim de sua existência.
Apesar de meigo, é imprescindível que o Samoiedo faça exercícios frequentes já que é um cachorro acostumado com o trabalho pesado. Não é aconselhável mantê-lo preso em coleiras ou no interior de casa ou apartamentos. Se aborrecidos, eles são capazes de tornar a ser bastante destrutivos, mais desordeiros, mastigadores de móveis e que irão cavar para todos os lados que conseguir.
Estes cachorros não são facilmente ensináveis, são desobedientes e mais suscetíveis a puxar trenós do que permancer em coleiras, mas por gostarem de agradar o dono, vão entender com o transcorrer do tempo.
O mais adequado é que você possua só um cachorro desta raça, porque esse cães não se dão muito bem com outros cachorros de estimação!

Vantagens em se ter um Samoiedo

Essa espécie é bem mansa, frágil, carinhosa e bem esperta! O Samoiedo possui um encanto impressionante, fascinando a todos a sua volta.
Este cachorro tem a tendência de ser bastante calmo dentro da casa e vai querer ficar próximo do dono o tempo todo, um forte indício de seu excepcional afeto e carinho.
Como essa espécie pode se dar muito bem com visitas e hóspedes, você nunca terá que ficar se preocupando em prendê-lo! Seu dono ficará satisfeito com a maneira como o Samoiedo trata os seus amigos e hóspedes.
Os Samoiedos são cachorros bastante limpos e não irão dar muito trabalho no que se refere a banhos e tosas, mesmo sendo bem peludos e de coloração clara. Além do mais, não geram cheiros característicos de cachorros em decorrência da falta de glândulas subcutâneas. Ou seja, a economia com a limpeza do cão será bastante alta!

samoieda brasil

Pontos fracos do Samoiedo

As atividades físicas precisam ser todos os dias, por sua formação, o Samoiedo não tolera conservar-se bastante tempo parado, caso isso ocorra, a inquietação e o nervosismo podem atingi-lo.
Se você quiser um cachorro para ser um cão protetor, nem cogite em adquirir um Samoiedo.
Eles são divertidos, todavia, muitas vezes, exageram demais, deixando o seu dono de cabelo em pé, uma vez que eles são bastante destruidores em várias situações.
Nem procure achegar um gato do Samoiedo: esta raça não consegue se encaixar aos demais modelos de animais de estimação! Mas, se amestrado precocemente, vai ser capaz de ter um Samoiedo mais condescendente com os demais cães.
Esse cão não se adequa com bastante simplicidade a temperaturas muito altas, isto deve-se à sua formação nórdica, isto é, a climas mais gelados.
Essa raça troca seu pelo regularmente, por isso é muito comum achar seus pelos por toda a casa.
O Samoiedo manifesta vários problemas relacionados a sua saúde, como: cor anormal nos olhos, orelha caída, ossos desproporcionais, pelo cacheado, qualidades relativos ao sexo mal estabelecidas, displasia coxofemoral, podendo se tornar surdos, perigo de nanismo e a retina pode demonstrar uma decadência gradativa.

Como cuidar de um Samoiedo

Só adquira um Samoiedo se você possuir bastante energia e disposição para isso, vá brincar com ele ou fazê-lo correr bastante, visto que este cachorro tem necessidade de despender sua energia todos os dias, ou seja, caso você seja desmotivado não adquira um Samoiedo! Um ótimo treino também vai ser fundamental com o intuito de deixar o cão mais educado.
Se você possuir outros espécimes em casa é indicado que o proprietário eduque o Samoiedo precocemente a fim de que ele torne-se extrovertido com os outros animais da casa.
Essa raça possui a preferência em conservar-se dentro da moradia, consequentemente é vital que o proprietário ensine adequadamente o cachorro com as regras domésticas – contudo fique preparado para uma atividade cansativa, porque o Samoiedo é muito teimoso! Toda semana faça a escovação de sua pelagem, pois eles cairão com bastante frequência se você não o fizer.
Entretanto, eles são bem apegados com o seu proprietário, precisando de demasiado carinho, afago e atenção.

Filhotes de Samoiedo

Estes cachorrinhos são bem carentes, sempre querendo amamentar e dormir bastante, a despeito de que eles são iguais a umas “bolinhas de pelo”! Entretanto não ache que esse período é extenso: em no máximo dez semanas eles já estão desfrutando e sendo plenos “desbravadores” por todos os cantos. É neste momento que o tratador necessita de começar a educá-lo a fim de que os comandos se tornem mais habituais para o cachorro. Neste momento ele se encontra mais disposto a relacionar-se com outras pessoas, sendo mais simples ensiná-lo. Posteriormente aos três meses o Samoiedo começa a aumentar a sua liderança e o criador necessita de aumentar o condicionamento de obediência do cão com mais frequência. Decorridos um ano, o cachorro já toma uma postura mais madura e amplia a capacidade de aprendizagem, o tratador tem que reforçar o adestramento nesta etapa já que eles tornam-se mais violentos.
O Samoiedo, quando filhote, é muito alegre, cheio de energia e bastante vigoroso. Todos os cachorros desta espécie possuem um “sorriso” no seu rosto, com o lábio escurecido e olhos amendôados. No que concerne às orelhas, não se preocupe, elas só se erguerão depois dos três meses de vida. O rabo deita por cima de seu dorso após os 2 meses.

Curiosidades a cerca do Samoiedo

O Samoiedo é tido como o cão nórdico mais obediente já observado, entretanto ele conta com um esquisito hábito de ficar constantemente procurando algo, principalmente nos buracos que ele escava no momento em que está entediado.
Nas primeiras importações da espécie para a Inglaterra, nem todos eram genuínos pedigrees nem de coloração branca, alguns eram da cor de canela e um pouco mais baixo que a raça pura. A procedência de alguns cachorros originaram-se das tribos sedentárias.
O primeiro clube especializado na espécie foi originado no ano de 1920, e funciona até hoje; e, oficialmente, as primeiras importações suscederam-se no ano de 1893.
Durante as tempestades de neve, é habitual presenciarmos Samoiedos utilizando o rabo peludo para resguardar o focinho.
A curvatura de seus lábios dá a aparência de estarem constantemente “sorrindo”..

Deixe uma resposta